Jesus Cristo – O Tema da Bíblia

 

JESUS CRISTO: O TEMA DA BÍBLIA

 

A bíblia está repleta de Jesus Cristo. A maior parte das profecias bíblicas o trazem como tema, ele é a figura principal da Bíblia, Autor da Criação, Remidor dos nossos pecados, é aquele por meio de quem tudo se fez e por quem tudo subsiste, Senhor nos céus e na terra.

As escrituras registram vários eventos relacionados à pessoa de Jesus Cristo e ao seu ministério terreno. Desde o seu nascimento até a sua segunda vinda e seu reino, tudo foi predito do Gênesis até ao Apocalipse. Seria da raça humana, da semente da mulher (Gn 3.15), dentre essas raças uma seria escolhida para dela sair o libertador, que seria a raça de Sem (Gn 9.26). E dessa raça (descendência de Abraão), (Gn 12.3) seria escolhida uma tribo (Gn 49.10,110) e da descendência dessa tribo uma família, a de Davi (2Sm 7.16) e da descendência dessa família, uma virgem (Is 7.14). Para que isso acontecesse, Deus movimentou todos os povos, raças, governos e na plenitude dos tempos o cumpriu (Gl 4.4).

 

TEXTO BÍBLICO BÁSICO: (João 1.15,16,17 e 44,45).

“João testificou dele, e clamou dizendo: este era aquele de quem eu dizia: o que vem depois de mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu”.

E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça.

Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.

E Filipe era de Betsaida, cidade de André e Pedro.

Filipe achou Natanael, e disse-lhe: havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: “Jesus de Nazaré, filho de José”.

 

EM GÊNESIS, ELE É O DESCENDENTE DA MULHER.

 

Foi no Éden que Deus prometeu à humanidade um libertador, um Salvador (Gn 3.15). A promessa foi repetida a Abraão (Gn 22.15 a 18) e a mesma promessa foi dada por intermédio de Jacó na hora da sua morte (Gn 49.10,11). Porém estudaremos acerca da promessa feita em Gênesis 3.15.

Este versículo nos apresenta duas sementes ou dois descendentes.

Semente da mulher: Jesus Cristo.

E a semente da serpente: o Antcristo.

Promessa da semente da mulher: Isaías 7.14.

Cumprimento da promessa ou nascimento dessa semente: Mt 2.1,2; Mt 1.18 a 25.

A serpente de Gênesis 3.15 é o diabo e Satanás. Veja Ap 12.9 e 20.1,2.

A semente da serpente de Gênesis 3.15 é o Anticristo. Veja 2Ts 2.1 a 9.

A semente da mulher fere a cabeça da serpente: Lucas 10.19,20.

 

EM ÊXODO, ELE É O CORDEIRO PASCOAL.

Êx 12.21 a 23. O Cordeiro de Ex 12 foi sacrificado para salvar da morte os primogênitos por meio do seu sangue, conforme o texto.

É um tipo idêntico de Cristo, que é o cordeiro de Deus, que foi sacrificado para salvação de muitos. Veja João 1.29, Ap 7.14, Ap 22.14.

OBS: Cristo é a verdadeira Páscoa: I Coríntios 5.7.

 

EM LEVÍTICO, ELE É O SACRIFÍCIO EXPIATÓRIO.

Lev 16.7 a 10, 21 a 23.

O bode emissário de levítico 16 é um tipo ou figura de Cristo, que levou sobre si os pecados de Israel ao deserto, como Cristo levou os nossos ao esquecimento de Deus.

Veja a semelhança: em Levítico 16.8, Aarão escolhe dois bodes e lança sorte sobre eles e em Mateus 27.15 a22, também foram postos Jesus Cristo e Barrabás à sorte para que o povo escolhesse um deles e escolheram Barrabás, entregando Cristo à morte.

Outra semelhança: o bode emissário leva sobre si todas as iniqüidades e transgressões de Israel ao deserto como Cristo levou as nossas. Veja Isaías 53.1 a 5; I Pedro 2.24.

 

EM NÚMEROS, ELE É A ROCHA FERIDA. NUM 24.17.

Números 20.7 a11 – A rocha que foi ferida simbolizava Jesus Cristo.

Veja I Coríntios 10.1 a 4.

Jesus Cristo (a Rocha) convida a beber dele: Jo 7.37.

A igreja e o Espírito Santo convidam a beber da água da vida, que é cristo: Ap 22.17.

 

EM DEUTERONÔMIO, ELE É O PROFETA.

Deuteronômio 18.15 a19.

O profeta de quem Moisés falou é Jesus Cristo. Veja Atos 3.19 a 26.

Jesus cristo era mesmo profeta. Veja Lucas 24.13 a 19 e João 4.1 a 19, Jo 9.17.

 

EM JOSUÉ, ELE É O CAPITÃO DOS EXÉRCITOS DO SENHOR.

Josué 5.13 a 15.

A primeira coisa que evidencia que o anjo que apareceu a Josué era Cristo é o fato de ele ter recebido adoração, o que os anjos não fazem. Veja Ap 22.8,9, nem homens também Atos 10.25,26.

Somente Cristo recebe adorações, tanto de homens como de anjos.

Veja Mateus 15.22 a 25; 28.9.16 e 17; Marcos 5.6; Hebreus 1.6; João 9,35 a 38.

Também o capitão dos exércitos do Senhor falou como Deus, fazendo exigência. Veja Êxodo 3.1 a5.

 

EM JUÍZES, ELE É O LIBERTADOR.

Em Juízes cap 13 ele veio anunciar liberdade. Leia todo o capítulo.

O versículo 18 demonstra o nome de Cristo. Leia Isaías 9.6

 

NAS CRÔNICAS, ELE É O REI PROMETIDO.

Em I Crônicas 17.11 a 15, vemos a promessa dum rei.

Em I crônicas 17.13, Deus refere-se a este rei prometido como sendo seu filho ele Deus seu pai e Deus nunca chamou a ninguém filho, se não seu filho Jesus Cristo. Leia Hebreus 1.5.

Lucas 1.33 fala acerca da confirmação do reino de Cristo para sempre como foi confirmado o reino do rei de I cr6onicas 17.11 a 15.

 

 

EM ESTER, ELE É O ADVOGADO.

No livro de Ester, Jesus Cristo não aparece claramente como nos demais livros, porém aparece na pessoa da rainha Éster e também na pessoa do Judeu Mardoqueu, segundo homem no reino do rei Assuero, que juntos, advogam a causa dos Judeus perante o rei, livrando-os das mãos do malvado Hamã, que intenta destruir os judeus.

No livro de Éster não se menciona nenhuma vez o nome de Deus, embora seja muito notória sua operação em favor do seu povo.

 

EM JÓ, ELE APARECE COMO NOSSO REDENTOR.

Jô 19.23 a 27 – 16-21.

 

 

NOS SALMOS, ELE APARECE DE VÁRIAS MANEIRAS:

No Salmo 2, ele aparece como:

Ungido: Sl 2.2

Rei: Sl 2.6; Mateus 21.5

Filho: Sl 2.7; Hebreus 1.5

No Salmo 22.1 a 19 ele aparece como sofredor.

No Salmo 45 ele aparece como Deus que ama a justiça e aborrece a impiedade: Salmo 45. 6,7; Hb 1.8,9

No Salmo 110, ele aparece como Senhor e Sacerdote eterno: Salmo110. 1 a 4; Hb 1.13; Atos 2.34 a 36. (sacerdote eterno Hb 6,20. ler por ultimo).

Mateus 22.41 a 45 comprova as palavras de Salmo 110.1 a 4.

 

EM PROVÉRBIOS, ELE É A SABEDORIA DE DEUS.

I Cor 1.24 e 30.

Provérbios cap. 8

Prov. 8,22 comprovado em João 1.1

Prov. 8.25 comprovado em Jô 15.7

Prov. 8.30 comprovado em João 1.2

Prov. 8.26 a 31 comprovado em João 17.5

 

EM CANTARES, ELE É O NOSSO AMADO.

O livro de Cantares é um livro simbólico. Retrata em todos os seus 8 capítulos o amor de Cristo pela igreja e o amor da igreja por Cristo. A pessoa de Jesus Cristo é bem notável neste livro em todos os seus capítulos, onde Jesus Cristo aparece como nosso Amado.

Cantares 1.13

Ler todo o capítulo 2.

A igreja à procura de Cristo: Cantares 3.1 a 5.

O capítulo 4 é uma declaração notável do amor do nosso esposo, que é Cristo, pela esposa, que é a igreja.

Ler todo o capítulo 5.

Ler capítulo 6.1 a 3.

 

 

 

EM ECLESIASTES, ELE É O ALVO VERDADEIRO.

Pela Palavra de Deus, nós sabemos que Jesus é a Sabedoria de Deus (I Cor. 1.24 e 30), e que esta sempre foi o Alvo de Salomão como vemos neste livro.

Salomão pede sabedoria: II Crônicas 1.7 a 12. Vemos aí que Salomão poderia ter escolhido muitas outras coisas, porém, o seu alvo foi sabedoria.

Em Eclesiastes, a sabedoria é o verdadeiro alvo de Salomão. Depois de ter Salomão observado tudo o que os homens fazem debaixo do sol e todas as obras, tanto de homens como de Deus, passou a contemplar a sabedoria: Eclesiastes 2.11 a 13.

Também a buscar a sabedoria: Eclesiastes 7.25

A exaltar a sabedoria: Eclesiastes 7.11 e 19

A conhecer a sabedoria: Eclesiastes 8.16

Percebeu que a sabedoria dá vida aos homens: Ecl 7.12 e que a sabedoria faz brilhar o rosto: Ecl 8.1

OBS: A SABEDORIA é pronunciada 30 vezes neste livro.

 

 

NOS PROFETAS, ELE É O MESSIAS PROMETIDO.

O nome Messias significa UNGIDO. Nos profetas o Messias, que é o ungido de Deus para a salvação dos povos, aparece muitas vezes e de várias maneiras com muitos títulos e nomes. Vejamos alguns:

 

Companheiro de Deus: Zc 13.7

Conselheiro, Deus Forte, Maravilhoso,

Pai da eternidade, Príncipe da paz   Isaías 9.6

Emanuel: Isaías 7.14 Mateus 1.22.23

Eleito: Isaías 42.1 a 7

Pendão dos Povos: Isaías 11.10   Romanos 15.12

Governador dos Povos: Isaías 55.4

Homem de Dores: Isaías 53.3

Poderoso para Salvar: Isaías 63.1

Renovo de Justiça: Jeremias 33.15; Jeremias 23.5,6

Santo dos Santos: Daniel 9.24

O Desejado: Ageu 2.6,7

Renovo: Isaías 11.1 a 4; Isaías 4.2; Zacarias 3.8,9 e 10; Zacarias 6.12,13.

Senhor: Miquéias 5.2; Mateus 2.4.5.6.

Servo do Senhor: Isaías 52.13,14 e 15

Rei: Zacarias 9.9 cumprimento desta profecia: Mt 21.1 a 5.

 

 

PROFECIAS ACERCA DE CRISTO

 

A vida de Jesus Cristo foi uma vida singular, digna de toda observação e imitação!

Do ventre de sua mãe ao seu trono nos céus, os seus passos, as suas palavras e seus atos foram preditos com antecedência de séculos em alguns casos e em outros com antecedência de meses.

Ao longo das escrituras, podemos observar que cerca de 300 detalhes proféticos se cumpriram na pessoa de Jesus Cristo durante os 33 anos de sua existência terrena. Outros, porém, ultrapassaram o seu período de vida terrena. Vejamos Alguns:

 

Seria concebido no ventre de uma virgem.

Profetizado em: Isaías 7.14 / Cumpriu-se em Mateus 1.22,23

O local de seu nascimento seria Belém

Profetizado em: Miquéias 5.2 / Cumpriu-se em Mateus 2.4,5,6

Seu nome pessoal seria Jesus

Profetizado em: Lucas 1.31 / Cumpriu-se em: Lucas 2.21

Seria conhecido como Nazareno

Profetizado em:                     / Cumpriu-se em: Mateus 2.23

Seria visitado por embaixadores reais

Profetizado em: Salmo 72.10 / Cumpriu-se em: Mateus 2.1 a 12

Seria peregrino no Egito

Profetizado em: Oséias 11.1 / Cumpriu-se em Mateus 2.15

Sua fuga seria precedida pela morte de inocentes

Profetizado em: Jeremias 31.15 / Cumpriu-se em: Mateus 2.17,18

Seu ministério seria precedido por um precursor

Profetizado em: Isaías 40.3 / Cumpriu-se em João 1.19 a 23

Sua residência seria nos confins de Zebulom e Naftali

Profetizado em: Isaías 9.1 / Cumpriu-se em: Mateus 4.13,14,15

Seria um grande profeta

Profetizado em: Deuteronômio 18.18 / Cumpriu-se em: Atos 7.37

Seria um sacerdote

Profetizado em: Salmo 110.4 / Cumpriu-se em: Hebreus 5.10

Seria um rei ungido

Profetizado em: Salmo 2.6 / Cumpriu-se em João 18.37 e At 4.25,26

Como homem seria feito menor que os anjos

Profetizado em: Salmo 8.5 / Cumpriu-se em: Hebreus 2.9

Seria ungido para pregar

Profetizado em: Isaías 61.1 / Cumpriu-se em: Lucas 4.17,18,21

Seria ungido mais do que seus companheiros

Profetizado em: Salmo 45.7 / Cumpriu-se em: Hebreus 1.9

Ensinaria por meio de parábolas

Profetizado em: Salmo 78.2 / Cumpriu-se em: Mateus 13.34,35

Sua voz seria suave, não seria ouvida nas ruas nem nas praças

Profetizado em: Isaías 42.2 / Cumpriu-se em: Mateus 12.16 a 19

Seria reputado como um estranho para com seus irmãos

Profetizado em: Salmo 69.8 / Cumpriu-se em: João 7.5

Israel rejeitaria seus ensinos

Profetizado em: Isaías 6.9,10 / Cumpriu-se em: Mateus 13.13 a 15

Teria grandíssimo zelo pela casa do Senhor

 Profetizado em: Salmo 69.9 / Cumpriu-se em: João 2.17

Levaria nossas enfermidades em seu corpo

Profetizado em: Isaías 53.4 / Cumpriu-se em: Mateus 8.14 a 17

Seria traído por um amigo

Profetizado em: Salmo 41.9 / Cumpriu-se em: João 13.18

Esse amigo o venderia por trinta moedas

Profetizado em: Zacarias 11.12 a 14 / Cumpriu-se em: Mt 27.9,10

Esse amigo se perderia

Profetizado em: Salmo 109.7,8 / Cumpriu-se em: João 17.12 e At 1.20

Seria ferido e suas ovelhas se dispersariam

Profetizado em: Zacarias 13.7 / Cumpriu-se em: Mt 26.31

Seus pés e mãos seriam transpassados

Profetizado em: Salmo 22.16 / Cumpriu-se em João 19.37

Seus vestidos seriam repartidos

Profetizado em: Salmo 22.18 / Cumpriu-se em: João 19.24

Seria contado como um malfeitor

Profetizado em: Isaías 53.12 / Cumpriu-se em: Marcos 15.28

Seria zombado na cruz

Profetizado em: 22.7,8 / Cumpriu-se em: Marcos em: Marcos 15.29

Sentiria sede na cruz

Profetizado em: Salmo 69.21 / Cumpriu-se em: João19.28,29

Seus ossos não seriam quebrados

Profetizado em: Salmo 2.17, 34.20 / Cumpriu-se em: João 19.36

Seu corpo seria sepultado por um homem rico

Profetizado em: Isaías 53.9 / Cumpriu-se em: Mt 27.57 a 60

Sua alma não ficaria no Hades

Profetizado em: Salmo 16.10 / Cumpriu-se em: Atos 2.31

Ascenderia ao céu

Profetizado em: Salmo 68.18 / Cumpriu-se em: Efésios 4.8

Assentar-se-ia no trono com o Pai

Profetizado em: Salmo 110.1 / Cumpriu-se em: Mt 22.44 e Heb 1.13

 

NOS EVANGELHOS, ELE JÁ É O SALVADOR DO MUNDO.

I João 4.13,14

Todos os livros da Bíblia fazem menção ao salvador prometido desde a antigüidade. Porém, os evangelhos registram com grande fidelidade, fatos importantíssimos acerca da pessoa de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo: seu nascimento, sua infância, seu ministério terreno e por fim, sua morte redentora na cruz do calvário.

O capítulo 20, versículos 30 e 31 do Evangelho segundo S. João declara de forma inequívoca as finalidades para as quais os Evangelhos foram escritos, que são: levar aos homens o conhecimento do reino de Deus e a salvação bendita no nome de Jesus Cristo.

Vejamos algumas referências bíblicas que declaram Cristo como Salvador do mundo.

 

Mateus: 1.21

Marcos: 10.45

Lucas: 2.10,11

João: 3.16,17-4,42

 

NOS ATOS, ELE É O CRISTO RESSURRETO E PODEROSO.

O livro de Atos está cheio de muitas e infalíveis provas acerca de Jesus Cristo Ressurreto e poderoso. A passagem de Atos 1.3 afirma que Jesus Cristo, depois de ter padecido a morte, apresentou-se vivo, o que prova cabalmente que ressuscitou. Leia AOTS 1.3.

Na passagem de Atos 1.5 a 8, Jesus Cristo, ressuscitado e cheio de poder fez a promessa de repartir conosco o seu poder, dando-nos a virtude do Espírito Santo. Leia ATOS 1.5 a 8.   

Também Atos 2.22 a 24 nos mostra um Cristo ressurreto e poderoso.

Atos 10.40 a 43 nos mostra um Cristo, que depois de vencer a morte, apresentou-se vivo e com poder suficiente para julgar vivos e mortos e também para perdoar pecado. Atos 10.40 a 43.

Outra prova da poderosa ressurreição de Cristo está em: Atos 13.29 a 32.

Depois de ressuscitado e de provada a sua ressurreição, Jesus Cristo foi recebido no céu à destra de Deus. Atos 1.9 a 11.

 

NAS EPÍSTOLAS, ELE É O CABAÇA DA IGREJA.

As Epistólas são uma constante exaltação ao nome do Senhor Jesus Cristo. De todas as formas o apontam como Salvador do corpo e cabeça da igreja. Efésios: 1.22 / 4.13 a 16 / 5.22,23.

Colossenses: 1.16 a 19 / 2.18,19.

I coríntios: 11.3 para complementar Mateus 21.42.

 

NO APOCALIPSE, ELE É O ALFA E O ÔMEGA. E O CRISTO QUE VOLTA PARA REINAR.

 

O Alfa e o Ômega: Ap. 1.8 / 21.5,6,7 / 22.13

O Cristo que volta para reinar: Ap. 1.7 / 3.11 / 22.7 / 22.12,20

 

A chave desse livro encontra-se no versículo inicial: Revelação de Jesus Cristo.

O propósito deste livro consiste em revelar o Senhor Jesus Cristo como o Redentor do mal.

A estrutura do Apocalipse fundamenta-se em quatro grandes visões, cada uma delas iniciada pela frase “em espírito”:

A primeira delas encontra-se em Ap 1.10 a seguir.

A seguida encontra-se em Ap 4.2 a seguir.

A terceira encontra-se em Ap 17.3 a seguir.

A quarta e última encontra-se em Ap 21.10, e contém um aspecto da pessoa de Jesus Cristo em sua capacidade de julgar o mundo, e revela também o senhor Jesus Cristo como O centro de tudo, do principio e do fim de todas as coisas, como o Alfa e o Ômega e finda-se com uma séria advertência que desperta a nossa atenção para a vigilância e obediência à sua palavra.

 

O MILÊNIO

HAVERÁ UM REINO TERRENO, MAS TRANSITÓRIO

(Apocalipse 20.1 a 6)

 

Este reinado será de Cristo com os salvos e dar-se-á no período entre a primeira e a última ressurreição: será o reino do milênio.

Apocalipse 20.6 diz:

“Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição: sobre esses não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos”.

A primeira ressurreição da qual fala  Ap. 20.6, é a ressurreição dos santos, dos que morreram em Cristo e se dará junto com o arrebatamento da igreja; Veja     I Tess. 4.16,17.

A segunda ressurreição se dará antes do milênio; Veja Ap. 20.5. será a ressurreição dos ímpios para o juízo final, o grande julgamento do trono branco: Ap. 20.11 a 15. Por isso diz a Bíblia: “Bem-aventurado o santo que tem parte na primeira ressurreição”.

É indispensável destacar, porém, que este reinado será passageiro aqui na terra; terá começo e terá fim – não eterno: só por mil anos, visto que esta terra será destruída e passará: Ap. 21.1.

Quando se iniciar o reino do milênio, Satanás será aprisionado por mil anos para que não mais engane as nações: Ap. 20.1 a 13.

Quando, porém, se completarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, e sairá a seduzir as nações: Ap. 20.7,8.

A finalidade deste reino passageiro será a manifestação da majestade de Cristo, seu poder, seu domínio sobre tudo e todos. Os ímpios verão os salvos reinando com Cristo e lamentarão a sua incredulidade e chorarão o seu desprezo a Cristo, ao seu povo e à sua mensagem. Eles verão a vitória de Cristo e de sua igreja.

“e então virá o fim, quando Cristo entregar o reino ao Deus o Pai, quando houver destruído todo o principado, toda a potestade e poder, porque convém que ele reine até que haja posto os seus inimigos debaixo dos seus pés”. I Coríntios 15.24,25.

O Diabo, o Usurpador, será derrotado, mas num ato de desespero diante da derrota que se aproxima, levará os ímpios a combaterem cristo numa batalha decisiva e final: Ap. 20.7 a10. Contudo descerá fogo do céu e consumirá os inimigos do Senhor.

Após isso acontecerá o juízo final: Ap. 20.11 a 15. Então veremos surgir o “Novo céu e Nova terra”, a Jerusalém Celestial – que descerá dos céus: Ap. 21.1,2. Nessa Nova Jerusalém o reino será eterno.

 

 

A finalidade desse estudo  é exaltar Jesus cristo como Senhor único e mostrar a tantos quantos venham a ouví-lo que Jesus Cristo é o centro da Bíblia e que deve ser também o centro da nossa vida, aquele para quem a nossa fé esteja sempre voltada com coração sincero e espírito pronto.

 Porque por ele, Jesus Cristo, alcançamos e remissão de pecados, porque também sobre ele estiveram os nossos pecados e transgressões.

E quando ele agonizava, nós nos alegrávamos, enquanto ele sofria em nós repousava paz de espírito e quando morreu por nós foi-nos concedida vida e vida em abundância. Por isso Deus o fez Senhor de tudo e centro de tudo, a quem seja dada, pois, Honra, Glória, Majestade, Poder e Ações de Graças para todo o sempre AMEM.

 

 

 

                                                             Por     Luiz Antonio de Oliveira

                                                                                         Pastor IPRR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: